Arquivo do Mês de Setembro, 2010

Marco Rodrigues é «A Estrela da Tarde»

Segunda-feira, 13 Setembro, 2010

Quarta-feira, 15 de Setembro, na «Casa de Fados» com Inga Oliveira pelas 18h.

Lula Pena no Barreiro

Segunda-feira, 13 Setembro, 2010

http://2.bp.blogspot.com/_BYDWeyGDKqQ/TI4pNZi0WKI/AAAAAAAAUic/MhhSxU4VN6g/s1600/BB.jpg

Kátia Guerreiro no Estoril

Segunda-feira, 13 Setembro, 2010

O concerto da fadista Katia Guerreiro com a Orquestra da Baixa-Normandia marcado para quinta feira no Estoril está esgotado, tendo sido agendada uma segunda actuação no dia seguinte, foi hoje anunciado.

O espectáculo de quinta feira inaugura o Auditório Boa Nova, em São João do Estoril, Cascais.

Katia Guerreiro já tinha actuado com esta orquestra francesa numa série de actuações com em França em Maio e Junho passados, mas será uma estreia para o público português.

A dirigir a Orquestra da Baixa-Normandia estará o maestro Domenique Debart, enquanto Katia Guerreiro será acompanhada pelo seu grupo habitual de músicos: Guilherme Banza, na guitarra portuguesa, José Mário Veiga, na viola, e Rodrigo Serrão, no contrabaixo.

Katia Guerreiro interpretará temas do seu repertório para os quais o maestro Rui Massena fez arranjos orquestrais.

‘Fados do fado’, editado o ano passado pela JBJ, é o mais recente álbum da artista, onde interpreta vários sucessos de repertórios de outros fadistas, nomeadamente, Amália Rodrigues, Teresa Silva Carvalho ou João Ferreira-Rosa.

Fonte

Passatempo!

Quinta-feira, 9 Setembro, 2010

A PAPISA JOANA

Das profundezas ocultas do Vaticano, chega uma história de intriga e paixão proibida, mantida em segredo pela Igreja Católica, durante milhares de anos.

Num tempo em que a obediência total era exigida, JOÃO ANGLICUS (JOHANNA WOKALEK) manteve-se como uma luz ao fundo do túnel numa era de trevas. No ano 853 A.C., após ter-se tornado um estudioso, curandeiro e professor de renome, ele ascendeu à posição mais elevada da terra: Papa da Igreja Católica. Dois anos depois, foi apedrejado até à morte por um segredo que se tornaria uma lenda. João Anglicus era, na verdade, uma mulher – a única mulher alguma vez ordenada Papa, o único Papa que alguma vez concebeu um filho.

 O aclamado realizador Sönke Wortmann transporta-nos numa misteriosa viagem de fé, amor e poder que desafia todas as convenções suportadas durante 1200 anos. Esta é a história que dá a conhecer uma das mais interessantes mulheres da História – a mulher conhecida como A PAPISA JOANA.

Realizador: Sönke Wortmann

Actores: JOHANNA WOKALEK / David Wenham / JOHN GOODMAN

Género: DRAMA / HISTÓRIA / ROMANCE

Um Fado Por Setúbal

Quinta-feira, 9 Setembro, 2010

Um espectáculo, com todos os fadistas que integram o projecto municipal “Um Fado por Setúbal”, iniciativa que dá destaque a artistas setubalenses, realiza-se no dia 18, pelas 21h30, na Praça de Bocage.

No espectáculo, integrado nas Comemorações Bocagianas e que decorre defronte aos Paços do Concelho, participam António Almeida, Carla Lança, Deolinda de Jesus, Fernando Machado, Georgete de Jesus, Inês Duarte, Manuel de Jesus, Maria Madalena, Maria do Céu, Nuno Mega, Piedade Fernandes, Sara Margarida, Sónia Rucha e Teresa Ventura.

 Rui do Cabo, na guitarra portuguesa, e Albano Almeida, na guitarra clássica, acompanham os 14 fadistas que participam neste espectáculo, no qual se assinala um ano deste o início de “Um Fado por Setúbal”, iniciativa municipal que já promoveu vários concertos em diferentes locais do Concelho.

 

Yolanda Soares nos Coliseus

Quarta-feira, 8 Setembro, 2010

Festival Todos no Martim Moniz

Quarta-feira, 8 Setembro, 2010
Caminhada de Culturas

16,17,18,19 Setembro 2010

Nesta segunda edição, apresenta no seu território de eleição, Anjos, Intendente, Mouraria e Martim Moniz um programa novo, mas enraizado nos seus propósitos iniciais: um festival de dimensão internacional desenhado à medida do bairro, que propõe ao longo de quatro dias um contacto forte e íntimo com as culturas que habitam esta zona da cidade. A Música, que leva o Fado ao Canto Tradicional Chinês, no Martim Moniz, o Paraíso do Circo apresentado por uma Família Cigana, no Largo do Intendente, o Teatro Popular como Shakespeare o fazia, no ringue de futebol de salão do Grupo Desportivo da Mouraria.

Uma programação que se quer informal e festiva feita de acontecimentos maiores e multiculturais, que vestem as praças de referência do bairro: a Kocani Orkestar traz dos Balcãs um cruzamento musical e magnético dos mundos árabes e orientais, ou o Circo da Família Romanès, feito de anjos ciganos, trapezistas voadores, que dançam e cantam sob o céu do Intendente.

Outro foco de programação para esta maravilhosa “ilha” obscura que resiste no interior de Lisboa, são os encontros e trocas de experiências vividas antes do festival entre um grupo amplo de moradores de várias idades, credos e países e diferentes artistas.
Preparámos uma programação / encontro que parte da escrita, do cinema, da dança, do canto e da fotografia para oferecer ao público que vem, um passeio que lhe dá a descobrir pessoas e aspectos únicos deste bairro. O ciúme, a inveja e o amor que Shakespeare criou no seu “Otelo”, serão falados pelos os vizinhos no coração da Mouraria no espectáculo “…Um beijo, mais um beijo, outro beijo”. A Dança de Ainhoa Vidal, um espectáculo entre gerações, que trata da solidão, do compromisso e da raiz de onde a pessoa cresce, fará encontrar bailarinos e pessoas idosas do bairro à volta do passo do tempo. Cozinhas/Cataventos de odores e sabores propõem-nos uma grande viagem do Oriente ao Ocidente pela mão de famílias inteiras que cozinham com e para o público.
Ana Madureira, actriz , ilustradora e fiadeira de contos de vida, doba um livro a partir de um novelo de impressões e conversas fiadas com moradores. Adolescentes vão com os “Filhos de Lumière”, ver a cor do seu bairro através da linguagem cinematográfica.
Mães, pais e bebés encontram-se para se ouvirem a embalar os bebés do mundo que o bairro guarda. Este festival, é também um espaço de felicidades experimentadas no interior das escolas, dos lares, das ruas, das associações, que se iniciou no ano passado e que nesta edição cresce e se alarga. Neste Todos reunimos moradores no reconhecimento e na compreensão da sua vida também como matéria artística universal.
Lojas, restaurantes, lugares de culto, associações, são outras razões de passeio. Uma sala de estar, em pleno Martim Moniz, convida o público a repousar os olhos em livros transportadores de mundos. Livros na Casa da Achada para ler em silêncio. As Vozes do Bairro ecoam e incitam todos a ouvir, a cantar este lugar. Este é o momento de reincendiar com o seu bater, o seu
pulsar de hoje, a respiração do agora.
Toda a programação em:

http://todoscaminhadadeculturas.blogspot.com

Fonte

Mais «Tantas Lisboas»

Quarta-feira, 8 Setembro, 2010

O fadista Marco Rodrigues dá-te a conhecer em primeira mão no MySpace seis novos temas, que integram o seu próximo álbum, «Tantas Lisboas». O disco, que chega às lojas a 13 de Setembro, irá suceder a «Fados da Tristeza Alegre», editado em 2006.

Neste segundo projecto, o músico conta com Carlos do Carmo e Mafalda Arnauth como convidados especiais, e com Tiago Machado, Boss AC, Tiago Torres da Silva e Inês Pedrosa entre os letristas e compositores.

«O Homem do Saldanha» é o tema que junta Carlos do Carmo e Marco Rodrigues, que interpreta ainda «Valsa das Paixões» ao lado de Mafalda Arnauth. Do álbum fazem também parte alguns clássicos, como o lendário «Fado do Estudante», eternizado por Vasco Santana no filme «A Canção de Lisboa».

Fonte

Aldina Duarte na Mouraria

Segunda-feira, 6 Setembro, 2010

Acompanhada por José Manuel Neto (Guitarra Portuguesa)
Carlos Manuel Proença (Viola de Fado)

Concerto

18 de Setembro às 16H30

Grupo Desportivo da Mouraria

Travessa da Nazaré Nº 21 (Antigo Palácio dos Távora)

90´| M/6
Entrada Gratuita (sujeita a levantamento de senha uma hora antes no local do espectáculo).

Em “Mulheres ao Espelho”, Aldina Duarte encontra no canto
e na escrita de um grupo de senhoras do fado, suas
cúmplices, a fonte para este concerto. Beatriz da Conceição,
Maria da Fé, Hermínia Silva, Lucília do Carmo e Maria José
da Guia são as fadistas escolhidas e Maria do Rosário
Pedreira, o espelho poético.

Fonte

Passatempo!

Segunda-feira, 6 Setembro, 2010